Amazonas – Eventos que discutiram o Ensino Religioso com as Secretarias Municipais e Estadual de Educação

AMAZONAS

Amazonas – Eventos que discutiram o Ensino Religioso com as Secretarias Municipais e Estadual de Educação

Roda de Conversa sobre Ensino Religioso – 25 de junho de 2018

Qual o lugar do Ensino Religioso na escola? É necessário abordar as religiões na Educação Básica? Todo tipo de ensino religioso fere o Estado laico determinado pela Constituição Federal? Como a Base Nacional Comum Curricular vai tratar o tema? Estes e outros questionamentos foram tratados na Roda de Conversa sobre Ensino Religioso, realizada nesta segunda feira, 25/6, pela Secretaria Municipal de Educação (Semed).

O evento foi destinado a formadores, assessores pedagógicos e gestores de escolas da rede municipal de ensino e teve como tema “Refletindo o Componente na BNCC: Uma Visão Epistemológica”. O debate reuniu representantes de faculdades Federais, membros da Ordem dos Advogados Brasil (OAB/AM) e professores de ensino religioso da rede municipal. A temática foi encabeçada pelos representantes da Associação dos Cientistas das Religiões do Estado de São Paulo e do Instituto de Pesquisa e Formação de Educação e Religião (IPFER).

1ª Jornada Pedagógica de Ciências da Religião, com o tema “Educação, Religião e Conexão de Saberes Amazônicos” e o 5ª Seminário de Professores de Ensino Religioso do Amazonas (Seperam) – 26 a 28 de junho de 2018.

As formas como podem ser abordado o ensino religioso nas escolas foram discutidas na 1ª Jornada Pedagógica de Ciências da Religião, com o tema “Educação, Religião e Conexão de Saberes Amazônicos” e o 5ª Seminário de Professores de Ensino Religioso do Amazonas (Seperam), que iniciou nesta terça-feira, 26/6, e segue até a próxima quinta-feira, 28/6, no auditório Belarmino Lins, na Assembleia Legislativa do Estado. O evento avaliará a implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) nos Sistemas de Ensino.
O encontro é voltado para pesquisadores, professores de Ensino Religioso, acadêmicos da área e demais interessados e pretende discutir sobre educação, religião e suas conexões com os saberes amazônicos, sendo importante trabalhar a diversidade religiosa do país, levando em consideração as particularidades de cada região. O evento foi transmitido ao vivo para os 61 municípios do interior do Amazonas, por meio do Centro de Mídias da Seduc.

Organizado pelo Grupo de Pesquisa Mythos, Humanidades, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e que reúne membros de várias instituições ligadas à educação, entre elas a Secretaria Municipal de Educação (Semed), a abertura do evento contou com a presença da secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, da coordenadora do grupo Mythos, Rosangela Siqueira, e da representante da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), Lafranckia de Souza.

Para a secretária municipal de Educação, o debate sobre o tema é de extrema importância e deve acontecer também nas faculdades, na formação dos futuros professores, para que estes profissionais não tenha dificuldade em trabalhar o assunto, quando encontrar os vários tipos de etnias religiosas.

“A religião é uma das dimensões mais importantes do ser humano e não pode ser, em hipótese alguma, fonte de intolerância, mas precisa ser um lugar onde agrega conhecimentos, diferenças e lidar com a diversidade, mas infelizmente o que temos visto é o caminho contrário a tudo isso e os professores são os mediadores dessas questões”, comentou Kátia.

A Semed aborda o Ensino Religioso na perspectiva da diversidade religiosa de forma pluriétnica, como explicou a coordenadora de Diversidade Religiosa da secretaria, Lídia Helena Oliveira. “Nós não podemos trabalhar o Ensino Religioso apenas com uma única religião, nós somos um povo rico em etnias e cada uma tem a sua crença e costumes. Precisamos conhecer e respeitar todas as diferenças, contribuindo para o fim da intolerância”.

A formadora da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), Rosangela Siqueira da Silva, lançará o livro “Interfaces Contemporâneas entre Religião na Amazônia”, voltado para a prática do docente em sala de aula. “Esse livro relata a vivência dos professores, de como é abordado o Ensino Religioso de forma pedagógica, de uma maneira em que o aluno entenda que ele faz parte da sociedade, independentemente da religião”, afirmou.

      

Publicado originariamente em 27 de junho de 2018.

/ Brasil

Compartilhar esta Notícia

Comentários

Sem comentários até o momento.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image