Chile – Conselho Nacional de Educação tornou ensino de religião facultativo no país

download

Chile – Conselho Nacional de Educação tornou ensino de religião facultativo no país

O ensino de religião não será mais obrigatório, mas facultativo para os estudantes do terceiro e quarto ano da Escola Média, como se fosse o último ciclo de estudos antes do ingresso à universidade. A decisão foi tomada pelo Conselho Nacional de Educação, mas a escolha está sendo contestada por representantes das Igrejas e comunidades religiosas do país.
Em uma declaração, publicada no jornal “El Mercurio” e assinada pela Conferência Episcopal do Chile e por representantes das Igrejas Evangélica, Batista, Luterana, dos Santos dos Últimos Dias e Adventista, além das comunidades de judeus e muçulmanos, é enaltecido como o ensino da religião contribua “à formação de um cidadão democrático, responsável, ético, crítico, livre, solidário, com uma visão da cultura e da religiosidade da sociedade em que vive”. Promover a formação integral Segundo os líderes religiosos, passar de um plano formativo obrigatório da religião a duas horas facultativas, “cria uma concorrência artificial e não equitativa, favorecendo a eliminação da disciplina do curso de estudos”, privando, assim, os estudantes da possibilidade de “uma formação integral” e de um “desenvolvimento ético, solidário e cultural que a própria lei geral da educação declara de seguir”. Apelo para reconsiderar a decisão Dessa forma, os líderes convidam o Conselho Nacional de Educação a “reconsiderar a sua recente decisão”, reconhecendo que o ensino da religião “é o espaço formativo privilegiado para cuidar e formar a dimensão espiritual, ética e moral de um estudante”.

 

Fonte – Agência SIR
Publicado originariamente em julho de 2019.

/ Internacional

Compartilhar esta Notícia

Comentários

Sem comentários até o momento.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image