Espírito Santo – Ensino Religioso será ministrado regularmente a partir de 2007

bandeira-espirito-santo_1_630

Espírito Santo – Ensino Religioso será ministrado regularmente a partir de 2007

O Governo do Estado vai regulamentar o ensino religioso na Rede Pública Estadual de Ensino. A disciplina deve voltar a ser ministrada regularmente em todas as escolas da rede estadual a partir de 2007. O governador Paulo Hartung recebeu, nesta quinta-feira (01), no Palácio Anchieta, representantes do Conselho de Ensino Religioso do Espírito Santo (Coneres), que ficará responsável por elaborar uma proposta de regulamentação da disciplina, a ser encaminhada ao Executivo e ao Conselho Estadual de Educação. Apesar de ser obrigatório, o Ensino Religioso não é regulamentado no estado desde 1997, quando entrou em vigor a Lei de Diretrizes e Bases da Educação. A regulamentação foi solicitada pelo Coneres e imediatamente aceita pelo governador. Segundo Hartung, o Ensino Religioso sem proselitismo, com respeito à diversidade cultural e às diferentes correntes praticadas no Brasil contribui para incutir nos jovens práticas e valores tão necessários nos dias de hoje. O arcebispo emérito de Vitória, D. Silvestre Scandian, que também participou da audiência com o governador, afirmou que o Ensino Religioso precisa entrar com vigor nas escolas capixabas. “Precisamos difundir na nossa sociedade os valores humanos fundamentais e o Ensino Religioso cumpre esse papel. Valores como a honestidade, a família, a verdade, a solidariedade e a fraternidade infelizmente andam muito esquecidos”, ressaltou. O presidente do Coneres, pastor Alonso Paes dos Santos, destacou a importância da regulamentação da disciplina. Segundo ele, somente o Espírito Santo ainda não regulamentou o Ensino Religioso. “O governador Paulo Hartung nos recebeu de portas abertas e a receptividade a nossa proposta foi muito boa”, afirmou. O pastor ressaltou que a disciplina terá um caráter interreligioso, respeitando todas as crenças e credos. “O mais importante é difundir valores que proporcionem o convívio harmônico na sociedade”, afirmou.

 

Publicado originariamente em 07 de novembro de 2013.

/ Brasil

Compartilhar esta Notícia

Comentários

Sem comentários até o momento.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image