França – Ministério da Educação Francês promove Ensino Religioso nas escolas

3dc5171a912c91a4c1bb38297ee42d24tn

França – Ministério da Educação Francês promove Ensino Religioso nas escolas

O Ministério da Educação do Governo francês acaba de inaugurar o Instituto Europeu de Ciências das Religiões (IESR), com o objetivo de promover o ensino religioso na escola leiga e republicana. Dependente da “Ècole Pratique des Hautes Études” (EPHE), o novo Instituto, presidido por Régis Debray e dirigido por Claude Langlois, quer ser um pólo de recursos e formação a serviço do mundo do ensino público, assim como um centro de pesquisa aplicada, sobre o ensino do fato religioso na Europa. O Instituto quer pôr também sua competência à disposição de diferentes ministérios governamentais (Relações Exteriores, Interior, etc.) segundo a atualidade e suas necessidades. Régis Debray, nascido em Paris em 1941, provém de uma histórica militância no marxismo revolucionário. Em 1967, quando se encontrava na Bolívia, ao lado de Che Guevara, foi condenado a 30 anos de reclusão. Libertado três anos depois, em conseqüência da pressão internacional, foi, entre outras coisas, conselheiro do Presidente francês, François Mitterrand, para América Latina. A ele se deve a proposta da “reintrodução do ensino religioso na escola” como elemento de formação indispensável, “tanto quanto o é o prolongamento de todos os ensinos fundamentais”. Eis como Régis Debray resume as conclusões do seu relatório, dirigido ao Ministro da Educação: “Não é possível entender a grande pintura renascentista, se não se conhece a história de José, Maria e seu filho, Jesus. Alguém que visite um grande museu, não saberá o que está contemplando diante de um São Sebastião: trata-se de um “cow-boy” atingido por flechas indígenas? Para compreender um “Magnificat”, de Bach, ou um “Te Deum”, deve-se saber o que é e em que consiste a missa…” O IESR já organizou um colóquio sobre o ensino religioso, em novembro de 2002, para diretores da área da educação nacional, e programou para 2 e 3 de outubro próximo, uma conferência internacional sobre o tema “Política e religião na Ásia, a atualidade à luz da história”. (PL)

Publicado originariamente em 02 de janeiro de 2013.

/ Internacional

Compartilhar esta Notícia

Comentários

Sem comentários até o momento.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image