Minas Gerais – Defesa de Dissertação na UFJF: O PIBID de Ensino Religioso como política pública de combate à intolerância religiosa

MINAS GERAIS

Minas Gerais – Defesa de Dissertação na UFJF: O PIBID de Ensino Religioso como política pública de combate à intolerância religiosa

No Programa de Ciência da Religião na UFJF foi defendido a dissertação sobre: O PIBID de Ensino Religioso como política pública de combate à intolerância religiosa de Tania Alice de Oliveira.

 

Esta pesquisa intenciona identificar os limites do projeto PIBID dentro do espaço escolar no que diz respeito ao combate e a minimização da intolerância religiosa. A hipótese considerada é de que a escola reflete a sociedade e que por isso fatalmente estaria reproduzindo discriminação e preconceito ao que se refere as religiões não legitimadas no espaço público. Para confirmar a hipótese inicial fez-se a opção pela metodologia do Estudo de casos onde cada situação pôde ser desmembrada e analisada minuciosamente levando em conta aspectos historiográficos, sociais, econômicos e de formação religiosa, ou seja, aspectos objetivos e subjetivos que compõem e determinam a forma como os indivíduos agem uns com os outros. A partir dos cruzamentos dessas informações buscou-se através dos conceitos de rejeição (Max Weber) e religião (Talal Asad) compreender condutas e noções expressas em olhares, falas, gestos e práticas docentes que denunciavam de maneira ora silenciosa, ora declarada, a razão de certas atitudes discriminatórias e intolerantes. Desta forma, pode-se dizer que o PIBID enquanto política pública tem cumprido o seu papel de agente moderador do debate público dentro da escola ao oportunizar tanto para licenciandos quanto para alunos e professores, bem como todos os funcionários da escola-campo, vivências diversas que aproximaram a religião da escola. Tal aproximação entendida de maneira não proselitista mas pró-fenomenológica uma vez que este exercício permite enxergar a religião enquanto fenômeno histórico-cultural contribuindo para a manutenção da laicidade do estado. Assim, esta pesquisa orienta-se pela ideia de que o tratamento da temática religiosa no espaço escolar contribui na construção de uma educação para as relações de equidade em contexto de diversidade religiosa.

Publicado originariamente em 19 de julho de 2017.

/ Brasil

Compartilhar esta Notícia

Comentários

Sem comentários até o momento.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image