Pará – Seminário nacional discute práticas pedagógicas do ensino religioso

PARA

Pará – Seminário nacional discute práticas pedagógicas do ensino religioso

O Seminário Nacional de Formação de Professores para o Ensino Religioso (Sefoper) com início no dia 07 de novembro de 2014 teve os trabalhos abertos com apresentação musical e artística aos quase 400 professores  de 20 Estados do Brasil que participam do evento. Nesta 13ª edição, o evento, que tem parceria com o Fórum Nacional Permanente do Ensino Religioso (Fonaper), traz como temática “Ensino religioso, ciências da religião e direitos à aprendizagem: pesquisa e práticas pedagógicas”.
A Universidade do Estado do Pará (Uepa) participou do evento, que ocorre no Centur. As mesas redondas e palestras do seminário debatem pesquisas e socializam estudos e experiências pedagógicas relacionadas aos direitos à aprendizagem e ao desenvolvimento no ensino religioso. “Os participantes podem esperar do evento grandes discussões, bom aprofundamento dos estudos e parcerias que podem ser feitas na área da educação para fortalecer a formação dos professores”, afirmou o coordenador geral do Fonaper, Adecir Pozzer.
A programação, que ocorreu até o di a08 de novembro, conta com exposição de quadros ilustrativos sobre religiões, no primeiro andar do Centur, e com apresentações de trabalhos de pesquisas que englobam aspectos diversificados do ensino religioso, entre eles, metodologias do ensino; direitos humanos e diversidade cultural religiosa; e interculturalidade.
“Esse momento é importante para se atualizar e buscar novas metodologias e pesquisas. Como professor, vim buscar o novo para levar aos meus alunos, pois eles gostam de novidades”, afirmou o professor Johny Costa, que estudou na Uepa. “A diversidade e a possibilidade de construção respeitosa em relação às religiões foram heranças deixadas pela Uepa quando era acadêmico, e hoje, preservo isso no âmbito profissional”, acrescentou.
Implantado em 2001 e com pioneirismo de instituição pública de ensino superior a oferecer a formação em todo o país, o curso de Ciências da Religião trouxe à comunidade uma visão ampla sobre a religiosidade enquanto fenômeno cultural. “A sociedade cada vez mais é plural e multicultural. Existe uma diversidade muito grande do fenômeno religioso, então, torna-se importante ter um cientista da religião com capacidade tanto de conhecer quanto de respeitar as várias manifestações religiosas existentes no nosso país”, defendeu a coordenadora do curso e também organizadora do Sefoper, Maria de Lourdes Silva.
Outra conquista da Uepa e, consequentemente, dos estudiosos do ensino religioso é o mestrado em Ciências da Religião. “A pós-graduação em ciências da religião é fruto do conjunto de esforços exercidos por professores e gestores da universidade. O mestrado e graduação convivem juntos e trabalham para o desenvolvimento da sociedade, além de estarem presentes aqui no XIII Sefoper”, acrescentou Maria de Lourdes Silva.
/ Brasil

Compartilhar esta Notícia

Comentários

Sem comentários até o momento.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image