Rio Grande do Sul – Falta PROFESSORES

be787d708ec052b2adf4a48ce7d1283btn

Rio Grande do Sul – Falta PROFESSORES

No Jornal AGORA na cidade de Rio Grande (RS) comenta a falta de professores na 18a CRE do Estado, o interessante é que além de denunciar ausência de docentes em biologia, português … lembraram do ENSINO RELIGIOSO este é um fato importante, significa que esta área do conhecimento assume significatividade. O ENSINO RELIGIOSO EXISTE !!!

Dezenas de estudantes da rede estadual de ensino estão sem aulas no Município. O motivo é a falta de professores na rede e a dificuldade que a 18ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) está encontrando em efetuar o contrato dos educadores.
A coordenadora da 18ª CRE, Farayldes Ávila, afirma que há preocupação com crescimento do número de professores que estão pedindo exoneração, aposentadoria e licença prêmio. Até a última quinta-feira, faltavam 14 professores, mas hoje esse número já aumentou. “Não há como dizer um número exato de professores que faltam, pois todos os dias chega um pedido de exoneração ou aposentadoria”, afirma.
A maioria dos educadores fizeram concurso e estão sendo chamados para trabalhar ou na rede municipal ou em um cargo federal.
Atualmente são necessários professores de currículo por atividade, Português, História, Química, Biologia, Sociologia, Filosofia, Geografia e Ensino Religioso. Farayldes afirma que já está chamando professores para substituir, no entanto, muitos já estão empregados ou é preciso aguardar a entrega da documentação. A coordenadora explica também que não é possível prever a falta de professores antes do ano letivo começar. “Quando as aulas iniciam-se é que eles entram com os pedidos. Dessa forma, fica difícil prever antes quem pedirá aposentadoria, licença ou exoneração e para quais as disciplinas em que serão necessárias contratações”, explica.
Na escola estadual Emílio Luiz Mallet, os alunos de uma turma de quarta série já estão sem aulas há mais de 15 dias. Além disso, a diretora Simone Penha Serrano afirma que também faltam professores de História e Geografia. Na manhã de ontem, ela procurou a 18ª CRE e foi informada de que os educadores já foram chamados. Farayldes afirma que provavelmente será necessário alterar o calendário escolar para essas turmas que estão sem aulas e incluir mais sábados letivos durante o ano para recuperação dos conteúdos.

Melina Brum Cezar

Publicado originariamente em 08 de abril de 2010.

/ Brasil

Compartilhar esta Notícia

Comentários

Sem comentários até o momento.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image