São Paulo – O professor Sérgio Rogério Azevedo Junqueira, da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e coordenador do Grupo de Pesquisa Educação e Religião (GPER), defendeu a tese de livre-docência “Formação Docente no Ensino Religioso

beb672ca4bb8bce3dcbece02713198d3tn

São Paulo – O professor Sérgio Rogério Azevedo Junqueira, da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e coordenador do Grupo de Pesquisa Educação e Religião (GPER), defendeu a tese de livre-docência “Formação Docente no Ensino Religioso

A defesa ocorreu na Faculdade de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), e inaugura significativo avanço na abordagem de excelência do universo religioso, agora sob o ponto de vista do Ensino Religioso. Além de crescer em importância, o tema estará sob julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF), na Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) proposta pelo Ministério Público Federal contra o modelo do Ensino Religioso Confessional.

Os demais 24 Estados e o Distrito Federal já adotam o modelo de ensino que vê a religião como um fenômeno religioso, em razão da Constituição prever liberdade de religião, considerando a separação de Igreja/Estado oficialmente separados. Por ser o Brasil um Estado laico, a legislação proíbe qualquer tipo de intolerância religiosa e a educação pública deve corresponder a esta condição.

A tese de livre-docência do professor Junqueira foi a primeira da área de Ciências da Religião concedida a um docente de outra instituição.

 

http://www.alcnoticias.net/interior.php?lang=689&codigo=21185 

Publicado originariamente em 24 de janeiro de 2012.

 

/ Brasil

Compartilhar esta Notícia

Comentários

Sem comentários até o momento.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image